OS CAMINHOS ATRAVÉS DO TEMPO E DO ESPAÇO: NOVAS PERSPECTIVAS, CONTRIBUIÇÕES, TEÓRICAS-METODOLÓGICAS E ESTUDOS DE CASO

 

Resumo:

Nos últimos anos, o estudo sobre as estradas tornou-se um dos principais desafios teórico-metodológicos de antropologia para analisar e interpretar os processos sociais do passado e do presente. Este estudo não tem se limitado apenas à evidência material em si, mas tem abordado também o sistema viário como um todo. Nesse sentido, as estradas são vistas como elementos com poderosas funções culturais, sociais, simbólicas e cosmológicas que possibilitam a conexão e integração cultural de diversos espaços-paisagens.

Para muitas sociedades, as estradas representam um avanço cultural ligado ao progresso, à transformação da paisagem e, em certos casos, à decadência. Seu estudo e análise significa conhecer os aspectos políticos, econômicos, tecnológicos e estratégicos envolvidos em sua construção. Portanto, além de pensar as estradas como um objeto arqueológico, é preciso também pensar nelas como objetos etnográficos ainda em vigor nas comunidades.

Este simpósio tem como principal foco abordar as novas perspectivas e as várias contribuições teórico-metodológicas e interpretativas ligadas à investigação dos diferentes espaços de circulação e trânsito, que deram significado às paisagens americanas de rotas viárias. É por isso que nosso principal objetivo é analisar as diferentes especificidades e perspectivas que existem sobre o estudo dos padrões de mobilidade e territorialidade da América, tanto local como regionalmente, a partir da análise das estradas e seus contextos sociais e culturais.

A realização desta reunião no âmbito da IX TAAS permitirá conhecer diferentes casos de estudos e dialogar e discutir sobre estradas antigas e atuais em diferentes áreas geográficas. Desta forma, o trabalho de cada um dos participantes pode ser enriquecido, permitindo discussões gerais e específicas de acordo com cada realidade espacial.

Palavras chave:

Paisagens - Redes rodoviárias - Sítios associados - Rotas cerimoniais - Rotas comerciais

 

COORDeNADORES: 

 

Reinaldo A. Moralejo, División Arqueología, Museo de La Plata. CONICET-Argentina. Facultad de Ciencias Naturales y Museo. reinaldomoralejo@yahoo.com.ar

Christian Vitry, Universidad Nacional de Salta. Facultad de Humanidades, Escuela de Antropología. Consejo de Investigación de la UNSa. Argentina. chvitry@gmail.com

Sergio E. Martín, Filiación institucional: Instituto Nacional de Antropología y Pensamiento Latinoamericano (INAPL). Argentina. smartinarque@gmail.com

 

Relator.

 

Carlos González Godoy, Instituto de Investigación en Ciencias Sociales y Educación, Universidad de Atacama, Copiapó, Chile. carlos.gonzalezg@uda.cl